Desabamento no colégio Marcílio Dias deixa comunidade em pânico

  • 09/06/2022
  • 0 Comentário(s)

Desabamento no colégio Marcílio Dias deixa comunidade em pânico

Na manhã desta quinta-feira (09) alunos e funcionários do Colégio Estadual Marcílio Dias em Guaraqueçaba, viveram momentos de terror com o desabamento de parcial da estrutura do prédio escolar. Este é o segundo colapso na estrutura em menos de 10 dias.

No dia 29 de maio houve o primeiro colapso na estrutura do prédio escolar, Segundo informações da Funcionária do Núcleo Regional de Educação, sra Dalila Scharman, na ocasião do primeiro incidente a Defesa Civil emitiu um laudo de interdição para que a direção escolar comunicasse a Secretaria do Estado da Educação que por sua vez enviou engenheiros responsáveis pela obra de (supostamente encontra-se na garantia e abrange a parte que ruiu). E laudo assinado pelo engenheiro Francisco Carlos da SEED-NRE no dia 01 de junho já decretava "imediata interdição das seguintes salas de aula e administrativas. (Sala 05 Direção, 06 Sala de Vídeo, 07 WC Feminino, 08 WC masculino, Sala S/N da Assistente Municipal, Sala 14 Secretaria, Corredor de Acesso Frontal, Sala da Equipe pedagógica e sala dos professores.

O segundo colapso da estrutura da escola aconteceu nesta manhã de quinta-feira e ao chegar na escola para gravação da reportagem, a equipe da Rádio TV Guará se deparou não apenas com uma situação caótica mas observou que parte dos espaços interditados ainda estavam sendo ocupados mesmo após a interdição e dois desabamentos.

Segundo o relato de uma aluna: "O barulho foi muito forte, nossa sala de aula tremeu e muitos alunos começaram a chorar, eu é que não volto lá".

Um professor que não quis se identificar disse: "Eu estava na sala dos professores quando ouvi o estrondo, entrei em pânico e saí correndo e chorando para socorrer os alunos pois pensei que era o ginásio que tinha ruído, veio na minha mente 'Meu Deus, todas aquelas crianças!!', quando vi que não era no ginásio ainda levei uns cinco minutos para conseguir começar a me recompor." 

Outra funcionária relata: cheguei no colégio na hora do almoço e ainda não tinha nenhum aluno do turno vespertino, só se ouvia estalos de madeira e rangidos, uma sensação horrível, parece que a qualquer momento tudo vai cair, mas a gente tem que trabalhar né, fazer o que? mas que dá um medo."

Uma outra funcionária falou na presença do diretor da Defesa Civil e também pediu para não se identificar: "vocês estão olhando aqui, mas tem que olhar lá pra dentro, a cantina está condenada, cheia de infiltração, esses dias jorrava água, as salas de aula também, tá tudo podre, é um perigo ficar aqui."

A Rádio Tv Guará filmou todos os pavilhões térreos do prédio escolar, não foi possível filmar algumas salas térreas nem as do piso superior, mas as imagens foram suficientes para ver o estado calamitoso do Colégio Marcílio Dias.

Segundo a equipe pedagógica a recomendação da direção escolar é de que as aulas continuaram acontecendo normalmente e os alunos que por qualquer motivo não comparecerem levarão falta, já o Núcleo Regional de Educação informa que será realizada uma reforma emergencial no prédio escolar nos próximos 47 dias.

A Defesa Civil do Município emitiu um relatório para o Ministério Público recomendando a interdição e imediata suspenção das aulas até que a equipe técnica da Secretaria do Estado da Educação realize uma vistoria não apenas parcial mas em todos os pavilhões e somente após um laudo garantindo a segurança dos alunos as aulas sejam retomadas.

A Prefeita de Guaraqueçaba, Exma Sra Lilian Ramos Narloch fala que não apenas como Chefe do Executivo Municipal, mas principalmente como servidora pública que a muito anos atua no Colégio Marcílio Dias, foi procurada por muitos pais e alunos que estavam em estado de pânico. Lilian Ramos recomenda que neste momento, para assegurar não apenas a integridade física mas também psicológica de alunos, pais e servidores, as aulas sejam suspensas até que seja realizada uma reforma e que a SEED emita um laudo após vistoriar todo o prédio escolar.

O Secretário Municipal de Educação, Prof Sidney França, esteve na escola para alinhar questões como o transporte escolar das centenas de alunos da rede estadual que é realizado pelo município e colocar-se a disposição para qualquer auxílio que seja necessário e que esteja ao alcance da gestão educacional municipal.

Acompanhem a reportagem da Jornalista Elaine Laufer na íntegra no aplicativo da Rádio TV Guará, ou ainda pelas redes sociais no Facebook, Intagram, Youtube, Telegram e Whatsapp (41) 99733-4781

Por: Elaine Laufer

galeria de imagens

#Compartilhe

0 Comentários


Deixe seu comentário


Aplicativos


 Locutor no Ar

Peça Sua Música

Nome:
E-mail:
Seu Pedido:


Top 5

top1
1. ANITTA

top2
2. BAROES DA PISADINHA

top3
3. GIULIA BE E LUAN SANTANA

top4
4. GUSTTAVO LIMA

top5
5. FELIPE ARAUJO


Anunciantes