Preso no Morrinho em Guaraqueçaba é solto na tarde do mesmo dia

  • 21/07/2022
  • 0 Comentário(s)

Preso no Morrinho em Guaraqueçaba é solto na tarde do mesmo dia

Na manhã desta quinta-feira (21) policiais do 9 BPM-PR do destacamento de Guaraqueçaba, cumpriram o mandado de prisão emitido pelo 44 Juizado Especial Criminal de Antonina. Adams Adilson do Nascimento de 39 anos, também conhecido como Nego, foi preso em sua casa no bairro morrinho em Guaraqueçaba e conduzido de viatura até o trapiche localizado na Praça William Michaud no centro de Guaraqueçaba, onde seguiu para o DEPEN de Paranaguá na embarcação da Patrulha Costeira.

Adams responde pelo artigo 46 , da Lei 9.605 /98, de crimes ambientais e estava como fiel depositário de madeiras provenientes de extração ilegal

Segundo informações dos policiais e imagens feitas pela Rádio TV Guará, não houve resistência a prisão e não foi necessário o uso de algemas. Um parente de Adams que estava na praça William Michaud enquanto o preso aguardava o translado marítimo, informou que ele é um homem tranquilo e que tudo isso não deve passar de um grande mal entendido. O preso não quis gravar entrevista.

Em menos de um mês, este é o segundo mandado de prisão cumprido pela equipe de da Policia Militar do destacamento de Guaraqueçaba.

Atualização da Notícia

Às 17:33 min Adams Adilson do Nascimento foi encaminhado para a Audiência de Justificativa onde assinou um Termos de Compromisso e foi liberado após emissão do Alvará de Soltura Nro 950120406-55 assinado pelo Juiz Jonathan Cheong

A equipe de jornalismo da Rádio TV Guará teve acesso ao Termo de Compromisso na íntegra que prevê:

"(a) Prestação de serviços à comunidade: o executado foi informado de que deverá prestar serviços à comunidade à razão de 1h de tarefa por dia de condenação, devendo comparecer na sede do conselho da comunidade desta comarca até o dia 29/07/2022, a partir das 13h, para ajustar as datas, horários e locais de prestação dos serviços, frisando que deverá promover o cumprimento de 180h de serviços. 

(b) Pena de multa: o executado disse que pode pagar R$ 100,00 por mês com vencimento a partir de 10/08/2022. Em vista disso, certifique-se se houve o pagamento da pena de multa e, em caso negativo, efetue-se o cálculo e expeçam-se as guias para pagamento. O executado e o defensor saem intimados para apresentarem um comprovante de endereço e um telefone para contato em cinco dias a contar da soltura do executado.

6. O executado fica advertido de que não poderá mudar de endereço sem comunicar antes ao cartório criminal, sob pena de regressão do regime, em virtude da frustração do cumprimento da pena. Ficou ciente e advertido de que o não cumprimento das condições implicará na revogação do benefício, conforme determina o art. 310 do CPP."

Por: Redação Radio TV Guará

#Compartilhe

0 Comentários


Deixe seu comentário


Aplicativos


 Locutor no Ar

Peça Sua Música

Nome:
E-mail:
Seu Pedido:


Top 5

top1
1. ANITTA

top2
2. BAROES DA PISADINHA

top3
3. GIULIA BE E LUAN SANTANA

top4
4. GUSTTAVO LIMA

top5
5. FELIPE ARAUJO


Anunciantes